Município de Santa Rosa do Sul terá ponto de atendimento para emissão da carteira de identidade

O convênio firmado na tarde desta quarta-feira, 11, entre o Instituto Geral de Perícias de Santa Catarina (IGPSC) e a prefeitura de Santa Rosa do Sul, viabiliza a criação de um posto de atendimento para emissão da carteira de identidade no próprio município. A prefeitura ficará encarregada de montar a estrutura física e designar servidores para o atendimento, enquanto que o IGPSC fará a capacitação da equipe e fornecerá a tecnologia necessária para prestar o serviço.

Com mais de 130 convênios consolidados em 2021, o perito-geral do IGPSC, Giovani Eduardo Adriano, considera o compromisso estabelecido com o município do Extremo Sul catarinense mais uma conquista importante para a Instituição. Isso porque o órgão também aderiu ao desafio do Governo do Estado de aprimorar os serviços e torná-los cada vez mais acessíveis a todos.

“O governador Carlos Moisés nos deu a missão de qualificar e facilitar o acesso da população aos nossos serviços, por isso, agradeço ao prefeito Almides Roberg da Rosa e ao secretário municipal de Indústria e Comércio, Geovano Cândido, por essa parceria que nos permite atuar dentro do município”, destaca.

O prefeito de Santa Rosa do Sul, Almides Roberg da Rosa, que recentemente viabilizou junto à Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável um posto de atendimento do Sine, reconheceu a atenção do Governo do Estado e agradeceu ao perito-geral por mais esse benefício aos seus cidadãos.

“Entrei na função pública com o propósito de trazer à nossa gente condições melhores para se viver, não vejo outro propósito senão esse. Por isso, quero manifestar a nossa gratidão ao IGPSC e ao Governo do Estado”, disse.

 

Serviço local evita deslocamentos

A servidora pública municipal Márcia Josane Silveira Velhos atua na prefeitura de Santa Rosa do Sul há 30 anos. Considerando que o município com pouco mais de nove mil habitantes conquistou sua emancipação política há 32 anos, quando se desmembrou do município vizinho de Sombrio, Márcia conhece bem as necessidades e anseios dos cidadãos.

A servidora conta que o trajeto de 10 km até Sombrio faz parte da rotina dos moradores, visto que muitos serviços e questões burocráticas não estão disponíveis no município. Por isso, comemora a oportunidade que recebeu de atuar no novo posto de atendimento criado em parceria com o IGPSC. “Os moradores de Santa Rosa do Sul vão até Sombrio para resolver muitas coisas, mas, daqui pra frente, fazer a sua carteira de identidade não será mais uma delas”, reconhece.