identificacao1analise2criminalistica1medicolegal1
Nota de Pesar PDF Imprimir

É com pesar que o Instituto Geral de Perícias de Santa Catarina lamenta a morte da primeira delegada de polícia do país, Doutora Lúcia Stefanovich, que nos deixa aos 69 anos, 45 deles dedicados à Polícia Civil do Estado.

Depois de dois meses internada, Doutora Lúcia morreu por volta das 3h desta madrugada, em Florianópolis. Ela se recuperava de um acidente vascular cerebral (AVC) sofrido em dezembro de 2016.

Até ter o AVC, ela atuava como delegada na 5ª DP da capital e dizia que tinha nascido para ser policial, por isso não se aposentava.

Lúcia foi a primeira delegada do país e única secretária de Segurança Pública de Santa Catarina, entre os anos de 1995 e 1998. Ela também foi quem criou uma delegacia especializada no atendimento a mulheres, em 1983. Em 1972, assumiu como delegada em Rio do Sul, no Vale do Itajaí.

O sepultamento ocorre às 18h no cemitério Jardim da Paz, em Florianópolis, onde também acontece o velório.

Foto: Divulgação

23380045 405268079893275 8501492369406292211 n

Compartilhe esta Notícia: