identificacao1analise2criminalistica1medicolegal1
IGP de Lages Identifica Vítima de Esquartejamento PDF Imprimir

papiloscopia1

No dia 09 de agosto, pela manhã, foi comunicado o IGP que partes de um corpo humano (mãos, pernas, braços e pés – o tronco e a cabeça continuam desaparecidos) foram encontradas por um catador de latas nas margens da SC-114 que dá acesso à comarca de São Joaquim, em Santa Catarina.

Após o encaminhamento das partes ao Instituto Geral de Perícias (IGP) de Lages, foi acionada a Papiloscopista de sobreaviso. Em seguida, a Papiloscopista coletou as impressões digitais da vítima e tomou as medidas das partes do corpo, visando filtrar as buscas. Com estas medidas chegou-se a uma aproximação de que a vítima possuía idade entre 25 a 37 anos; altura entre 1.55cm a 1,60cm; peso entre 60kg a 65 kg e calçados de número 34.

Logo após a Papiloscopista passou a inserir a coleta das impressões digitais no Sistema Automatizado de Identificação de Impressões Digitais – AFIS do Instituto de Identificação de SC, porém o sistema trouxe vários candidatos, mas nenhum compatível. Posteriormente, a coleta foi encaminhada para Papiloscopistas de todos os Institutos de Identificação do Brasil para que fossem realizadas as buscas nestes estados. Simultaneamente, solicitamos à Delegacia de Polícia de Pessoas Desaparecidas de SC uma listagem de desaparecidos de todos os Estados. Ao receber a lista de desaparecidos de SC, realizamos os confrontos manualmente com cada uma destas pessoas, porém, não obtendo resultado positivo. Na sequência nos foi enviado a listagem com pessoas desaparecidas do RS, sendo que, dentre estes nomes fornecidos constava o de CINTIA BEATRIZ LACERDA GLUFKE, tornando-se inequívoca a constatação de que havia identidade entre Cintia e as impressões digitais coletadas.

Foram 09 dias de confrontos de impressões digitais com os materiais recebidos até que o setor de papiloscopia do IGP de Lages obtivesse sucesso em um confronto realizado no dia 18 de agosto. O laudo foi finalizado e encaminhado para as autoridades competentes no dia 19 de agosto, para possibilitar o andamento às investigações em busca da autoria do crime.

A Direção Geral do Instituto Geral de Perícias parabeniza a equipe que trabalhou no caso e em especial o excelente trabalho desenvolvido pela Papiloscopista Simone Macedo Ramos.

Compartilhe esta Notícia: